Terça-feira, 21 de Junho de 2005

Todas as Cartas de Amor são Ridículas de Álvaro de Campos

Todas as cartas de amor são
Ridículas.
Não seriam cartas de amor se não fossem
Ridículas.
Também escrevi em meu tempo cartas de amor¸
Como as outras¸
Ridículas.

As cartas de amor¸ se há amor¸
Têm de ser
Ridículas.

Mas¸ afinal¸
Só as criaturas que nunca escreveram
Cartas de amor
É que são
Ridículas.

Quem me dera no tempo em que escrevia
Sem dar por isso
Cartas de amor
Ridículas.

A verdade é que hoje
As minhas memórias
Dessas cartas de amor
É que são
Ridículas.

(Todas as palavras esdrúxulas¸
Como os sentimentos esdrúxulos¸
São naturalmente
Ridículas.)

publicado por soprodeanjo às 21:42
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O tema do Blog - Kimi o n...

. Amizade

. Silêncio respirar

. Mãe...

. Acordei

. chamar...

. Ausência de longa reflexã...

. sonhos que desesperam

. Sonho vão

. O meu sopro

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2010

. Maio 2008

. Abril 2008

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

SAPO Blogs

.subscrever feeds