Quarta-feira, 20 de Julho de 2005

Um Adeus Português por Alexandre O'Neill

Nos teus olhos altamente perigosos
vigora ainda o mais perigoso amor
a luz de ombros puros e a sombra
de uma angústia já purificada
[...]
Nesta curva tão lenta e lancinante
que vai ser que já é o teu desaparecimento
digo-te adeus
e como um adolescente
tropeço de ternura
por ti.

publicado por soprodeanjo às 21:22
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Abril 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O tema do Blog - Kimi o n...

. Amizade

. Silêncio respirar

. Mãe...

. Acordei

. chamar...

. Ausência de longa reflexã...

. sonhos que desesperam

. Sonho vão

. O meu sopro

.arquivos

. Abril 2012

. Janeiro 2010

. Maio 2008

. Abril 2008

. Abril 2007

. Dezembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

SAPO Blogs

.subscrever feeds